Queda de Cabelo

Uma novidade no tratamento da alopecia androgenética é a intradermoterapia, que consiste na introdução, através de injeções no couro cabeludo, de substâncias que vão tratar a queda de cabelos e estimular o crescimento de novos fios. Considerando que a queda dos cabelos é dependente das concentrações locais de DHT, é lógico que se empregue, por via intradérmica, substâncias que bloqueiem a formação da DHT diretamente no couro cabeludo. O uso da Finasterida por essa via reduz a DHT em aproximadamente 70% após 10 sessões. Após 4 meses de tratamento, obtém-se uma ótima repilação, ou seja, além de reduzir a queda, voltam a crescer fios nas área tratadas. Também são associadas substâncias que melhoram a circulação no couro cabeludo e agentes antiseborreicos. Em geral, são realizadas 10 sessões com intervalo de 1 semana, seguidas de 5 sessões com intervalo de 15 dias. Após, são realizadas aplicações de manutenção mensais. A intradermoterapia pode ser utilizada isoladamente ou combinada a tratamentos por via oral ou tópica.

2017-03-01T13:41:00+00:00